sábado, 22 de junho de 2013

Reportagem relâmpago

Hoje a resenha não se reporta a uma prova realizada, mas a uma ocorrência de relevo para o nosso grupo de atletismo bem como para a nossa Associação Desportiva de Amarante.
Excelente combinação: A.D.A /atletismo/ RTP
Esmiuçando: Hélder Ferreira chegou ao treino, no dia 18, e informou-nos de um desafio: a equipa da RTP estaria em Amarante, durante o dia 20 de junho, para fazer uma reportagem ao evento "2ª  Feira à Moda Antiga". Como pretendiam enriquecer e estadia na cidade, propuseram fazer mais duas reportagens sobre o empreendedorismo (Quinta da Pousadela, em Ôlo) e o associativismo ( o Hélder sugeriu, e muito bem,  a Associação Desportiva de Amarante/ atletismo).
António Mendes, António Pinto e
Paulo Vasconcelos
Atletas representantes de outras
 modalidades da A.D.A.
O grupo ficou entusiasmado e alinhou no desafio, achando pertinente virem todos equipados a rigor. Confesso que fiquei eufórica. Seria uma ótima oportunidade para divulgar o nosso grupo e a nossa associação. 
O Hélder informou-me que um representante da RTP iria entrar em contacto comigo para comunicar o que era realmente pretendido para o tempo que teríamos de antena. 
Não larguei o telemóvel, mesmo estando em reunião. Só me contactaram ao final da tarde. Além dos atletas do atletismo pretendiam que estivesse, pelo menos, um representante das modalidades realizadas na Associação e, obviamente, o nosso presidente. Dadas as diretrizes, tentei imediatamente falar com o presidente da A.D.A., António Daniel Mendes. Feito o contacto informei-o da situação e, apesar da corrida contra o tempo, foi conseguido agregar alguns atletas.
Com Jaime Pereira, à espera da equipa!
Descontração na espera!
A reportagem estava agendada para as 17h do dia 20, no Complexo Desportivo da Costa Grande, e consistia num falso direto de apenas 5 minutos. 
Com um atraso significativo devido a alguns contratempos, a equipa chegou. Dirigi-me ao apresentador de serviço, Hélder Reis. Apesar de contrafeito pelo atraso, a simpatia e a simplicidade estiveram sempre presentes. 
 Após um curto diálogo sobre a temática, as pessoas a intervir, a organização do grupo e a sequencialização das ações, demos ínicio às gravações.
Não as irei descrever. Dia 27 de junho passarão no programa da manhã "Praça da Alegria", na RTP, para quem puder assistir.
O que posso dizer é que falar com uma câmara de filmar apontada para nós é, em simultâneo, um desafio e nervosismo de primeira ordem. O primeiro instante é nervosismo... as palavras atropelam-se na mente e nem sempre saem as desejadas. Depois é desafio!
Foram 5 minutos a nós destinados. Pouco tempo para muito que havia a dizer, mas um tempo de ouro para o grupo, para a A.D. Amarante e para a cidade.


  • Quero agradecer, em nome do grupo e em nome da Associação, ao Hélder Ferreira por nos indicar como tema de desenvolvimento à reportagem pretendida.
  • Obrigada a todos os elementos do grupo por me confiar esta responsabilidade.
  • Aproveito também para me desculpar na eventualidade de ter falhado em algo. 




Sem comentários:

Publicar um comentário