domingo, 6 de janeiro de 2013

Treino na Serra do Marão

A tarde soalheira deste sábado, 5 de janeiro, foi apelativa para o treino de preparação que estava previsto realizar na Serra do Marão, pelos membros da A.D. Amarante Trail Running e alguns amigos. Face a este desafio fomos 21 os atletas que marcamos presença no ponto de partida desta aventura: Pousada do Marão. 
Grande equipa
Após o registo fotográfico do grupo, lá seguimos nós em direção aos trilhos traçados pelos marcadores do percurso, por volta das 15h da tarde. Este, inicialmente, foi ligeiro, para o aquecimento. Deu para observar a magnifica paisagem que tínhamos à nossa frente e a altitude em que nos encontrávamos, em plena serra do Marão. 
Ainda no aquecimento
Bem, depois só tivemos que fazer uma subida de mais de 1 km com uma inclinação elevada, terrivelmente exigente para os gémeos e recheada de pedras. O batimento cardíaco estava no máximo e, apesar da altitude, ninguém sentiu frio nesta subida. Uns queixavam-se das costas, outros das pernas, outros de tudo e os mais avançados no terreno... não deu para saber!
O longo km de inclinação
 Finalizada esta etapa da subida, aos 1205 m de elevação ( máx. elevação no meu gps) chegou a altura dos cuidados redobrados na descida. Muitas pedras soltas não facilitaram a tarefa, mas, com algumas indicações do Valter Cardoso (no meu caso), descemos os caminhos de forma a evitar lesões e quedas. 
Descida vertiginosa
A meio do percurso, na ponte do Alto de Espinho, tentamos juntar o grupo para continuar o mais unido possível. Assim permaneceu até surgir nova subida acentuada até às ventoinhas éolicas. Aqui o grupo voltou a dispersar-se devido ao grau de dificuldade do trajeto. 
Concentração e descontração no Alto de Espinho
Os últimos 2 quilómetros foi sempre a descer mas não significou que tivesse sido mais fácil, pelo contrário. Mais pedras, inclinação acentuada e, mais uma vez, a atenção foi fundamental. 
Terminado o percurso, senti-me muito satisfeita quer pela natureza do treino, quer pelo meu desempenho no mesmo. Senti-me muito bem e com muita energia. O companheirismo foi notável e a amizade uma constante. 
Uma tarde de sábado a fazer o que gostamos, ou a correr, ou a caminhar, com um grupo fantástico, numa paisagem fabulosa como pano de fundo e um formidável trajeto percorrido, sem grandes incidentes a registar, só posso mesmo resumir este grande momento como sendo o dos 3 F: Fantástico, Fabuloso e Formidável.
Sempre que me seja possível, marcarei presença nos próximos treinos. Gostei imenso desta experiência. 
Obrigada a todos!

Fim do treino








Sem comentários:

Publicar um comentário